• 27 MAIO 14
    • 0
    A tecnologia que atrapalha o sono

    A tecnologia que atrapalha o sono

    Para que tenhamos uma boa noite de sono é necessário seguir alguns hábitos noturnos.  E o que temos visto e comprovado em recentes pesquisas é o uso cada vez mais excessivo de aparelhos eletrônicos na hora de dormir.

    Má notícia para quem é fã de jogos como Candy Crush, viciados em Facebook e Instagram, pois o uso de smartphones e tablets na hora de dormir pode prejudicar, e muito, o sono.

    Além da TV no quarto, a exposição à luz artificial desses aparelhos eletrônicos antes de dormir pode aumentar a vigilância e suprimir a liberação da melantonina, um hormônio que induz ao sono.

    Segundo a pneumologista e especialista em Medicina do Sono, Dra Jessica Polese, “os mesmos celulares e computadores que tornam nossa vida mais produtiva e agradável, se usados de forma abusiva e na hora errada podem contribuir para afetar a qualidade do sono, deixando a pessoa mal no dia seguinte”.

    Em um mundo em que as pessoas já tem dormido mal, isso pode ser um problema sério para a saúde, pois já é comprovada uma forte ligação entre privação de sono e a ocorrência de doenças devido ao enfraquecimento do sistema imunológico.

    “É alarmante quando vemos a quantidade de pessoas que assumem ficar cada vez mais despertos, enviando SMS, no facebook, checando e-mails, etc … sem nem se dar conta de que já está no meio da noite”, completa Dra Jessica. O problema torna-se ainda maior quando nos referimos aos adolescentes que apresentam dificuldade para dormir que considerada fisiológica e é própria da faixa etária.

    Mais estímulos, menos descanso.

    Cada vez mais, a tecnologia aumenta a quantidade de estímulos no ser humano. A própria iluminação acabou fazendo com que o tempo de sono diminuísse.  Além disso temos muitos canais na TV, internet e estamos dormindo menos do que o corpo necessita.

    Os estudos do sono são relativamente recentes, mas há cada vez mais pesquisas comprovando que a qualidade e a quantidade de sono interferem na qualidade de vida do indivíduo, na produtividade e rendimento  nas atividades laborais, bem como desencadeamento de doenças e ocorrência de acidentes.

    Compartilhe em suas redes:
    Comentar

Comentar

Cancel reply
Compartilhe em suas redes: