• 14 DEZ 16
    • 0
    A CHAVE DO SONO

    A CHAVE DO SONO

    Com a chave na mão você terá autonomia para abrir ou fechar a porta para a tão desejada qualidade de vida.

    Tão importante quanto o ar que respiramos a atividade de dormir impacta sobre a forma como:

    E, consequentemente, como planejamos e organizamos nossos dias.

    Nascemos programados para dormir e, mais que isso, dormir com qualidade.  Nascemos providos de um sistema chamado ritmo circadiano, “cerca de um dia”, mais conhecido como relógio interno ou relógio biológico. Ele indica claramente que durante um terço do dia devemos nos dedicar à nobre atividade de dormir.

    E, se tentarmos confundi-lo ou sabotá-lo, sentimos as consequências imediatamente. Nosso dia fica comprometido com:

    – Baixo desempenho
    – Sonolência
    – Mau humor
    – Irritação
    – Baixa capacidade de concentração
    – Raciocínio lento
    – Déficit de memória

    E, se insistirmos em continuar sabotando nosso relógio biológico, pagamos caro assistindo nossa saúde ser comprometida dia a dia com:

    Então, ao invés de achar que está ganhando tempo e produtividade dormindo menos que seu corpo necessita, invista no tempo ideal de sono e seja realmente produtivo no dia seguinte realizando todas as atividades totalmente acordado.

    Atenção porque o hábito de dormir menos do que nosso corpo necessita tende a nos convencer de que estamos bem e não temos dívida com o sono. Estamos tão acostumados a passar nossos dias sonolentos que perdemos a referência de como ele seria caso estivéssemos completamente acordados.

    Confira se você dorme o quanto precisa.

    Todos já ouvimos falar sobre as dicas para dormir bem como:

    – Praticar atividade física
    – Alimentar-se de forma balanceada
    – Evitar o stress
    – Evitar o consumo de cafeína próximo da noite

    Todas estas dicas são verdadeiras e essenciais para dormir bem, mas a epidemia de insônia no mundo tem outra raiz.

    O sono é controlado por um hormônio chamado melatonina, produzido pela glândula pineal localizada no cérebro e é a chave do relógio interno que nos faz dormir e acordar em ciclos de 24 horas. A melatonina é um mecanismo natural para adaptar os seres vivos ao ritmo do sol. Quando começa a escurecer o organismo inicia a liberação de melatonina e nos sentimos sonolentos até que dormimos. De manhã, com a claridade do dia, a quantidade de melatonina no organismo diminui e acordamos.

    O problema é que atualmente, depois que anoitece, continuamos a utilizar aparelhos que emitem muita luz, como celulares, tablets, computadores, tv etc. Como nosso corpo não sabe distinguir entre a luz natural e artificial, simplesmente continua achando que é dia e não libera a melatonina que induz ao sono.

    Agora que tem a chave do sono nas mãos, vamos organizar nosso dia e estabelecer uma rotina que não confunda nosso relógio interno para verdadeiramente desfrutarmos da tão almejada qualidade de vida que, antes de mais nada, é estar presente de corpo e alma em todos os momentos que a vida nos proporciona.

    Rotina para dormir melhor!

    1 – Faça um diário para identificar com quantas horas de sono você está pronto e revigorado para enfrentar um novo dia.

    2 – Durma sempre no mesmo horário e altere o horário de acordar para cerca de 15 minutos, anotando como acordou e passou o dia até “encontrar” o tempo ideal.

    3 – Duas horas antes de dormir não utilize equipamentos que emitem luz com temperatura (tonalidade) de 5.500 graus Kelvin, a mesma que o Sol emite ao meio-dia.

    4 – Dedique-se a atividades relaxantes como a leitura de um livro, trabalhos manuais, brincar com as crianças ou uma boa conversa com um chá natural e relaxante.

    5 – E, por último, um banho morno que ajuda adormecer. Literalmente se “coloque para dormir”. Mantendo esta rotina, inclusive nos finais de semana, e você desenvolverá um hábito saudável que responderá pelo sucesso dos outros 2/3 da sua vida.

    Compartilhe em suas redes:
    Comentar

Comentar

Cancel reply
Compartilhe em suas redes: